Meme

Alguns dos virais da internet com tom de humor recebem o nome de meme. Geralmente não se referem a vídeos ou longos conteúdos, mas sim a imagens isoladas que podem ser, por exemplo, um GIF.

Em muitos casos, os memes vêm de situações reais. Não é incomum, por exemplo, ver um erro cometido na televisão aberta virar uma dessas piadas nas redes.

Apesar de ter ganho força recentemente, o termo em si é antigo. Aparece na literatura em 1976, quando Richard Dawkins escreve o livro “O Gene Egoísta”. Ele vem do grego mimeme (imitação) e foi reduzido para parecer com a palavra “gene”. A ideia do autor era usar a expressão para designar uma unidade de informação cultural, assim como o “gene” define uma biológica.

Dentro do marketing digital, a publicidade entendeu que é uma boa ideia usar memes em seus conteúdos nas redes sociais. Isso porque ele viraliza e faz as marcas se aproximarem da linguagem dos internautas.